Maluca ilusão

21 Sep

Desde que rolou o upgrade da Net lá em casa, confesso, a vida ficou melhor. Filmes em HD são mais ou menos o que eu imaginava pro futuro quando eu era mais nova (já que os carros que andam sozinhos não existem ainda…). O resultado é que assisto de tudo, filmes podres de terror (Piranhas Assassinas), filmes de luta (O Vencedor) e outras bobagens, como um filminho com a Sandra Bullock chamado “All About Steve” – apropriadamente traduzido como “Maluca Paixão”.

Antes de tudo, explico o título: Mary conhece Steve. Logo na primeira noite, o cara lhe dá um fora pra lá de elegante (mas perfeitamente compreensível e perceptível). Ela acredita piamente nas desculpas esfarrapadas dele. Dias depois, publica no jornal (onde trabalha fazendo palavras cruzadas) uma cruzadinha chamada “All About Steve”. Cor dos olhos do Steve, profissão do Steve, idade do Steve, tudo isso nas palavras cruzadas do jornal, pra ver a dimensão da loucura.

Bem, eu recomendo que todas as mulheres assistam. E não porque o filme é uma obra prima, afinal vejam bem, é Sandra Bullock e nada mais. Recomendo que assistam porque, apesar de despretensioso, ele retrata de forma bastante cruel o quanto nós podemos ser estúpidas quando colocamos alguma coisa na cabeça (especialmente em se tratando de homens e relacionamentos).

Algumas coisas são superlativas – Mary Horowitz, a personagem de Bullock, é uma dessas mulheres esquisitas logo na casca. Você não precisa se aprofundar pra descobrir que ela não bate bem. Só que você percebe o tempo todo que, assim como essa esquisitona do filme, já fez muitas coisas absurdas por causa de homens que não queriam nada com você. E conclui que não é preciso ser ridícula para fazer o papel de ridícula. Sabe aquela coisa de olhar pra trás e pensar “meu deus, é ÓBVIO que ele estava me desbaratinando?”. Então…

Mary Horowitz é o tipo de mulher que todas nós já fomos em algum momento da vida: aquela que prefere não ver o que está diante do seu nariz.  Aquela que acha que encontrou o príncipe encantado na primeira esquina que virou, e que pra fazer dar certo só depende dela. Aquele tipo de mulher que ignora todos os sinais e chama de destino os detalhes que são, na verdade, meras coincidências. Mary Horowitz é o tipo de mulher que bota o sucesso do relacionamento em uma mochila e carrega nas suas costas, ignorando um pequeno detalhe: a outra parte. O cara. A outra parte também precisa te querer, também precisa estar a fim, também precisa atravessar o deserto atrás de você e, especialmente, acreditar que você é A mulher.

Tudo isso, claro, com uma dose esquizofrênica de humor. Porque se fosse um filme sério, a gente ia querer se enforcar logo em seguida.

Advertisements

2 Responses to “Maluca ilusão”

  1. B. September 21, 2011 at 11:09 pm #

    Eu li seu post e me bateu aquele reconhecimento triste, sabe? Porque eu também já fiz tudo isso. Principalmente quando era uma “Mulher de 20”. O lado bom de passar pros 30, foi aprender bem isso que você colocou no final. A me dar valor.
    Beijinho e boa semana! 🙂
    PS: amo seu blog e nunca oerco um post. Só não sou muito de comentar, mas no de hoje eu não aguentei. rs

  2. Louca November 1, 2011 at 4:11 am #

    Nossa, realmente a gente começa a pensar e chega à conclusão que nos identificamos com isso. Bom pelo menos na adolescência eu era um pouco desse jeito, tomei tipo e melhorei depois de partir muito o coração. Hoje ele tá aqui, todo remendado e muito orgulhoso. Acho que a gente percebe que o cara não quer mas no fundo tem aquela esperançazinha boba de ser charminho dele pra fazer de difícil. Mas a gente esquece que quem faz de difícil é a mulher.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: