Para abrir, corte aqui.

13 Apr

Sonho de consumo da semana: uma ilha para abrigar todos os idiotas. Sonho impossível, claro, pois como um amigo comentou, uma ilha é pouco – precisaríamos de um continente. Ou de um planeta inteiro.

Uma das inúmeras coisas que aprendi com o passar dos anos é que sacanear os outros não me leva a lugar nenhum. Sabe aquele tipo de pessoa que, para tirar o seu da reta, coloca outro indivíduo na pista? Sim, claro que você sabe, conhece vários e talvez até tenha sido um deles em algum momento da vida. Não tem a ver com criação, dinheiro, estudo, esperteza, cultura, é apenas uma dificuldade crônica em lidar com problemas da vida adulta.

Nos últimos dias fui surpreendida por uma enxurrada de decepções. Vindas de pessoas próximas, pelas quais eu nutria admiração, amizade, amor. E acima disso tudo, respeito. A Paula Schütze pacata costuma relevar um monte de coisa em nome da “parte boa” que todo mundo tem. Lição da semana: a parte boa de algumas pessoas fica pequena, muito pequena, quando elas são estimuladas por seus próprios egos a agir de forma estúpida e gratuita.

No olho do furacão eu poderia ter tido as piores reações. Chorar, questionar, discutir, responder na mesma moeda. Nada disso resolveria. Na hora, pode ser um alívio: gritar, espernear, culpar alguém. Mas depois sobraria a mesma coisa que sinto agora. Tristeza. Somente isso. Já fiquei triste outras vezes. E sei que só o tempo diminui essa sensação.

“Todas essas buscas, todos esses mundos… Podemos ser tão semelhantes e viver em universos tão distantes? É possível que partilhemos o mesmo frenesi, nós que não somos do mesmo solo nem do mesmo sangue e da mesma ambição?”

Os críticos apontam problemas.

Os inteligentes apontam soluções.

Os idiotas apontam pessoas.

De toda forma, é sempre bom lembrar de quem ficou. Das pessoas que me suportam no sentido mais literal da palavra. Gente que me faz rir e que faz questão de compartilhar tudo, dos chiliques secretos às piadas nonsense. You know who you are. Pessoas que eu não vou precisar esquecer daqui pra frente.

Advertisements

3 Responses to “Para abrir, corte aqui.”

  1. hellen April 13, 2011 at 5:40 pm #

    (L)
    (não vou chorar, não vou chorar, não vou chorar… hahahahaha)

  2. Paula Schutze April 13, 2011 at 5:45 pm #

    pode chorar. mas tem q dar uma risadinha no final. somos ESPECIALISTAS no assunto

Trackbacks/Pingbacks

  1. Palavra do dia: alento « Casa dos Trinta - April 14, 2011

    […] Tumblrs são meu novo vício. Adoro descobrir tumblrs novos. Meu segundo sonho de consumo (depois dessa ilha aqui) é ter um tumblr pra chamar de meu. Ele está a caminho. Na verdade o que está a caminho é a […]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: