“eu achei que isso daqui fosse uma calçada”

23 Feb

Uma das primeiras notícias que li hoje cedo foi essa: um cara matou outro dentro do cinema porque ficou extremamente irritado com o barulho da pipoca que o cidadão mastigava durante o filme. Só pra constar, estavam assistindo Cisne Negro.

Pouco depois, no café após o almoço, um sujeito engravatado destratou amigos meus que estavam sentados nas mesas que ficam sobre a calçada. O motivo? Ele queria passar. E o pior de tudo: tinha espaço de sobra pra ele passar, ou ali mesmo, ou dois passos pra lá, ou pela rua, ou até pela outra calçada. Mas ele queria passar ali, estava engravatado num sol da porra e achou que isso lhe dava o direito de xingar quem cruzasse seu caminho.

De tempos em tempos eu ainda me choco com a falta de educação. O negócio já ultrapassou as fronteiras do bom dia boa tarde boa noite. Hoje as pessoas se acham no direito de ser mal educadas pelo simples fato de EXISTIR.

Começamos pelos sem-noção que acham que, só porque pagaram pelo ingresso, tem o direito de fazer esbórnia dentro da sala de cinema – comentar o filme, mastigar de boca aberta, chupar o refri até a última gota, atender o celular. Aí vem os afortunados que  acham que ter mais cultura e mais dinheiro, por exemplo, é motivo pra ser mal educado com quem tem outros objetivos na vida – ou outras histórias de vida. Mulheres se acham no direito de ser mal educadas porque tem TPM, tomam hormônios ou estão com a depilação atrasada. Homens se acham no direito de ser mal educados porque são mais fortes, mais viris, mais peludos ou (inclua aqui a bobagem de sua preferência). Velhos se acham no direito de ser mal educados porque são mais experientes. Adolescentes são mal educados porque ainda não aprenderam tudo na vida. Educação vem de berço, quase todo mundo tem, mas muitos fazem questão de perdê-la ao longo da vida. Cansaço, trânsito, stress, trabalho de mais, dinheiro de menos: tudo virou desculpa pra grosseria. E ainda acham que o mundo vai acabar por conta da camada de ozônio. Me poupem!

Uma gravata, gente, não é um pinto. E mesmo que fosse: ter um pinto maior nunca vai fazer de você um cara legal se você é mal educado. NÃO É LEGAL. E fica aqui meu recado para as mulheres também: seus hormônios são problema seu. Eu entendo, aliás, que são um problemão, que tiram a gente do sério muito mais do que o desejado. Mas vai por mim: escrotizar alguém só porque você toma hormônios te torna tão idiota quanto o engravatado que não pode dar um passo pro lado na calçada.

Advertisements

5 Responses to ““eu achei que isso daqui fosse uma calçada””

  1. Paula Schutze February 23, 2011 at 9:31 pm #

    faz tempo que não vou ao cinema. baixo tudo e assisto em casa. pelo menos lá é silencioso. e a tevê é grandona =)

  2. melhorcalada February 25, 2011 at 1:06 pm #

    Muito bom seu texto Paula. A falta de educação e desrespeitos já é cronica a nossa sociedade. Uma missão impossível é sair de casa para um dia normal de trabalho/estudo sem ver e ficar irritada com situações assim.

  3. kris February 25, 2011 at 1:16 pm #

    Sem contar o povo que é grosseiro e tals e depois vem dizer que é “bipolar”, em vez de assumir a falta de educação. Ser bipolar não é desculpa, poha…
    Sem condições…

    • Paula Schutze February 25, 2011 at 1:25 pm #

      bipolaridade seria assunto sério, mas virou desculpinha esfarrapada de gente sem educação =)

  4. Mariana Lima April 18, 2011 at 2:29 am #

    As mulheres que tem TPM, não toma hormonios… elas os têm em si de forma desregulada, pra mais ou pra menos. Mas realmente na maioria das vezes, é possivel sim se controlar. Somos humanos, concordo com você, porem ficamos cegos diante de algo que nos irrita profundamente. Obviamente a pessoa que brigou com seus amigos não brigou com vocês por causa do espaço, e sim porque algo aconteceu a ele e ele despejou seu ódio na primeira oportunidade.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: