mais uma da série “coisas que não entendo”

2 Dec

Tem duas coisas que eu não entendo nessa vida. Na verdade tem muito mais que duas, né? Cerca de um milhão trezentos e dezessete mil mistérios da Terra que eu não entendo. Mas vamos ao que é mais palpável, quem sabe algum leitor pode me ajudar nessa? Hm?

Eu não entendo os pobres de plantão. Queria, porque então eu seria desapegada como eles. Os pobres de plantão vivem falando que estão duros, falidos, sem grana. MAS tem viagens incríveis duas vezes por ano, trocam de carro, tem o celular da modinha, jantam em lugares caros, freqüentam baladas glamurosas e estão sempre desfilando roupas novinhas em folha – muitas delas com etiquetas que valem o meu guarda-roupa inteiro.

Me expliquem como isso é possível, porque eu só vejo duas opções: 1) as pessoas mentem. Não são pobres coisa nenhuma, são no mínimo classe média mas gostam de se auto-intitular pobres pra fazer parte do grupo. Que grupo, Nossa Senhora do Cheque Especial?

A segunda opção é que as pessoas acham bonito dizer “tô pobre”. O luxo no lixo. Eu não acho feio ter uma poupança secreta que teus pais fizeram ao longo da tua vida. Não acho feio você ter outras “fontes de renda” além do trabalho, seja mesada, pensão vitalícia da ex-mulher ou vender coxinha congelada. Contanto que você não roube de ninguém, cada um com seu dinheiro, uai. Também não acho feio você estar efetivamente/momentaneamente pobre, afinal dinheiro não dá em árvore. Força na peruca que um dia a conta volta pro azul. Feio é dizer “tô pobre” sem estar – segundo minha mãe versão 2010 – a mística – isso só atrai má sorte mesmo.

A Narcisa tem um MacBook Air e você também. E daí?

Depois de três parágrafos para falar sobre a “primeira coisa que eu não entendo” sobraram pouco mais de 140 caracteres no meu twitter cerebral pra falar sobre a segunda. Vamos lá: não entendo essas gentes que dão parabéns via twitter pra gente que nunca vai ler. Tipo: “hoje é aniversário da minha avó Gerúndia, parabéns pra vovó mais linda do mundo”. Cara: tua vó tem twitter?

Telecurso 2000 – Crochê

(esse desenho achei no google, aqui)

Advertisements

5 Responses to “mais uma da série “coisas que não entendo””

  1. wal5 December 2, 2010 at 7:57 pm #

    brigada aí, paula.
    sempre escrevendo pelo bem estar dos ranzinzas.

    • Paula Schutze December 2, 2010 at 7:59 pm #

      hahaha. o importante é matar a cobra e mostrar o pau!!!

  2. Nadja G. December 2, 2010 at 10:57 pm #

    hahaha eu tb tenho essa raivinha de gente que escreve essas coisas no nick do MSN. Parabéns pra bebê por exemplo. Me poupe!

    • Paula Schutze December 3, 2010 at 12:13 pm #

      bem lembrado! “parabéns gugu! oito meses e um dia de vida” – só vale se o bebê for prodígio!

  3. Renata Fraia December 3, 2010 at 6:19 pm #

    Fenomenal!!!!!!!!!! Tenho uma tia que acha tudo caro, mas esse ano já passou um mês na Zoropa e outro (acabou de chegar) de um tour pelos States. E faz isso todo ano. Dá uma raiva!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: