é verão no coração.

5 Jan

transmitindo direto de 2009. de volta à civilização já com as primeiras constatações do ano, que eu sou uma pessoa muito constatativa.

a primeira delas é que eu não gosto mais de praia. no sentido literal da coisa. a função “ir pra praia” tornou-se complexa demais para mim. veja: você coloca o biquíni, se entope de protetor solar. chega na beira da praia e a areia começa a grudar no protetor. movimenta aqui, deita ali, caminha acolá. na volta pra casa você está um perfeito bife à milanesa. e, como já dizia a embalagem do protetor: resistente à água. ou seja, para tirar o grude de areia com óleo do corpo é preciso uma paciência de jó, muito chuveiro e – claro – uma esponja eficiente. com muito cuidado para que o esfregar não acabe levando para o ralo o semi-bronzeado que você levou dias para adquirir.

diante disso tudo, o bom da praia se resume a: fazer nada, dormir a qualquer hora do dia, comer muito e ver o mar de longinho, que é pra areia não grudar no corpo. e pronto.

lição do dia: ao passar protetor solar certifique-se de ter espalhado de forma homogênea pelo corpo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: